Cerejeiras em Flor

Eis uma das cenas de filme mais bonitas e delicadas que assisti recentemente. Trata-se de um verdadeiro poema visual, cuja simplicidade e lirismo dispensam qualquer palavra ou explicação. É altamente recomendável que se assista o filme inteiro, do começo ao fim, a fim de que se possa interpretar o momento dentro de seu contexto, alcançando-se uma compreensão mais profunda de toda sua beleza, uma fruição maior do prazer estético que ele proporciona aos olhos, aos ouvidos e ao coração. Chama-se Cerejeiras em Flor (Cherry Blossoms – Kirschblüten – Hanami, 2008) e é da diretora alemã Doris Dörrie.

Anúncios
  1. Olá Jamil!!!

    Gostei muito do seu blog, você escreve com belo domínio da língua e cada um dos textos que li, reverbera uma poesia que vale a pena ler e reler. Voltarei mais vezes. Grande abraço, Fábio.

    • Fábio meu caro, agradeço-lhe imensamente a visita e o generoso comentário! Este, aliás, tem um significado especial e bastante gratificante para mim, pois é feito por alguém que tive a felicidade de conhecer recentemente, que venho tomando como referência não só em matéria de elegância no uso do português, mas também em relação ao admirável conhecimento e bom gosto artísticos. Já lhe disse, mas repito, adoro o seu blog, a forma como escreve e o que escreve! Ele é, como se diz hoje, um luxo! : )

      Um abraço grande, volte sempre, meu caro amigo!

  2. Oi, Jamil!

    Esse filme parece ser muito tocante e pertinente em nossa época tão carentes de sentidos de existência e que, lidando tão mal com o passado – e até mesmo com o presente, já que o que importa sempre é o futuro – nos traz uma perspectiva um tanto triste diante da velhice.
    Cheguei a assistir seu trailer em ocasião em que assistia a outro filme e desejei asssisti-lo depois, mas desde então não fui mais ao cinema. Procurarei assistir por DVD!
    Gostei muito de seu blog, virei mais vezes te acompanhar!
    beijos!

    • Obrigado pelo tão gentil comentário, Fernanda! Fico realmente feliz por ter gostado do blog, saiba que também amei o seu! : )

      Há muita sensibilidade, muita lucidez em suas palavras, querida. Elas enriquecem com sabedoria e ornam com graça este espaço. São, assim, uma grande contribuição! Espero poder retribui-las com mais posts de que você tire algum proveito ou que simplesmente te inspirem coisas boas. Mas, se não gostar, fique totalmente à vontade para criticar; para mim, isso é tão importante quanto os elogios, ou até mais…

      Assista o filme sim, você vai adorar, tenho certeza!
      E volte por favor, estarei aqui te esperando, sempre!
      Beijos!

  3. Jami, quase vi o filme ontem…tá aqui esperando minha disposição de alma…

  4. Faz bem, querida, quando seu estado de espírito estiver favorável, você vai sentir o filme te chamar e pedir pra ser assistido, aguarde esse momento…

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: