Posts Tagged ‘ amor ’

um cofrinho, um coração

É preciso deixar claro que, antes de tudo, este blog celebra a vida. A morte, enquanto não-ser, ou seja, ausência ou falta de ser, é tão-somente considerada aqui a partir da relatividade de sua existência e de seu conceito em relação àquela. Em outras palavras, não dá para separarmos uma da outra, pois são como as duas faces de uma mesma moeda. Uma moeda chamada amor, que, de um lado, tem o seu valor impresso, isto é, a vida; do outro, uma espécie de máscara mortuária, a cara ou face da morte. Com o perdão da tautologia, qualquer moeda vale pelo seu valor;  toda criança que já aprendeu a contar sabe disso. Assim, se este blog [meu coração] fosse um cofrinho, diria que o interesse maior do seu dono seria que ele estivesse sempre cheio de moedas valiosas. Infelizmente não é o que está acontecendo agora. Este é um momento difícil, em que o cofrinho está pobre, está vazio dessas moedas. Por isso é que se fala em ausência, por isso é que se fala em morte.

Anúncios

A MORte

amor e morte

O amor é mais frio que a morte

da comunicação, do amor e da vida

A verdade é que eu gosto de me comunicar, e gosto muito, amo! Portanto, detesto quem não se comunica ou se comunica muito pouco. Aqueles que não se comunicam acho que é porque não amam e porque estão mortos, ao menos em algum sentido. Para mim viver é amar, e amar é estar em comunicação.